Arquivo da categoria: Treino cruzado

A nova ciclovia da avenida Paulista (Maio de 2015)

Futura ciclovia da av Paulista

Futura ciclovia da av Paulista

Ainda em obras, tive a oportunidade de ver de perto, fotografar e até pedalar num pequeno trecho desta nova ciclovia. Tudo indica que a via não terá proteção lateral para os ciclistas o que pode ocorrer mais acidentes em relação a pista atual. Curioso é que a pista ficará no nível da calçada e praticamente deverá ter o fluxo em fila indiana, já que é mais estreita. Ou seja, os apressadinhos terão que fazer manobras para ultrapassar. Não vi o projeto, mas uma proteção lateral deveria ter sido contemplada.   

Treinos de ontem (03/Maio)

Venho aumentando cada vez mais os treinos alternativos, ou seja, correr e pedalar no mesmo dia. A meta é usar a bike para se fazer os treinos da semana. Ontem, foram 7,8 km pedalando até o local do treino, 7,2 km de corrida e 5,3 km de pedal para voltar prá casa. Conforme o Polar FT7, foram 494 kcal de pedal e 668 kcal de corrida. Foram 20 voltas na praça que tem 360 ms de percurso com uma pequena altimetria. Um treino alternativo também pode mesclar a natação, conforme cada atleta. O importante é a disciplina de se fazer de 3 a 4 treinos por semana, faça sol, chuva ou frio.

Pedal monitorado pelo MapMyRun

   O Treino de pedal foi neste último domingo (09). Fui até o Ibirapuera e pedalei pouco mais de 20 km. Usei o aplicativo da MapMyRun que apontou os dados coerentes. Uma dica muito importante: só inicie o seu treino depois que o GPS estiver ativo.

  Veja abaixo como ficou no site.

image001

image002

   Se voce tiver o Google Earth Plug-In, poderá “ver” todo o trajeto em 3D. Clique aqui

   E para fechar este post, registrei esta foto a margem do lago.

CAM01330

Fonte: MapMyRun e foto de Wilson Takeo

Planejando o ano com nova planilha

 

Após as comemorações das festas, é hora de planejar seus treinos para o novo ano, estabelecendo as metas a serem atingidas. A minha planilha para 2014 deverá ter um misto de corridas e pedaladas, além, é claro, das sessões de musculação. Analisando os treinos do ano que passou, e uma vez recuperado do esporão calcâneo, deixarei o Pilates e farei mais musculação para reforçar e prevenir das lesões. Tenho na verdade, duas planilhas de treino ! Isso para fechar o ciclo de treinos que ocorre a cada duas semanas. Vejam as planilhas.   

 

Primeira semana

2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira sábado domingo
Corrida de 6 km Musculação de 40 min Pedalada de 20 km Musculação de 30 min ou Descanso Pedalada de 5 km + corrida de 5 km + pedalada de 5 km Descanso Caminhada de 5 km

Segunda semana

2ª feira 3ª feira 4ª feira 5ª feira 6ª feira Sábado Domingo
Musculação de 40 min Corrida de 8 km ou pedalada de 20 km Descanso Corrida de 7 km Musculação de 30 min ou Descanso Pedalada de 5 km + corrida de 5 km + pedalada de 5 km Caminhada de 5 km 

Minha meta é condicionar-me para corridas de 10 km !

Bora Corrê!

Dicas para quem está lesionado e quer se manter em atividade

cropped-cam007391.jpg

O ciclismo é indicado para quem está lesionado do tendão, da canelite, da fasciíte plantar e até do esporão calcaneo. Além do ciclismo, o remo e a natação também são considerados como complementares as corridas. Veja abaixo os principais benefícios do ciclismo:

1) poucos riscos de lesões,

2) alonga e fortalece o tendão calcâneo, e

3) alivia a tensão na planta do pé.

Fonte: livro “Para começar a praticar corrida” de Sean Fishpool (Publifolha)